A necessidade de ser digital

Tempo de leitura: 4 minutos

Não há como negar: o mundo digital tomou conta de nossas vidas e estamos cada vez mais adeptos a essa modalidade de serviço que está abrangendo muitas frentes do nosso cotidiano. Temos que pensar que isso está ocorrendo com todas as categorias de consumidores, de diversas classes sociais e de diversas culturas, e precisamos enxergar este boom, como oportunidade para fortalecer nossas marcas e nossos negócios.

Diante das diversas possibilidades que o campo digital oferece à comunicação e à publicidade, a propaganda tradicional, quando implantada de forma solitária, vem perdendo a sua força. Isso porque a expansão acelerada dos meios digitais, proporcionada principalmente pelo advento da internet, vem modificando a maneira pela qual as pessoas tem acesso a produtos e serviços no mercado, e mais ainda, a maneira em que são tomadas as decisões de compra.

De certo modo, essas mudanças vêm trazendo novas perspectivas de atuação para o marketing e para a comunicação, pois, afinal, se o público está na telinha do celular ou no computador, por que não criar estratégias para se comunicar com ele através desses canais? As diferenças em custos e em mensuração de resultados são significativas e podem deixar muitos empresários animados.

Certo. Mas e aí? Como me inserir no mundo digital?

Muitas empresas erroneamente acreditam que estar no mundo digital é simplesmente ter um site e perfil nas redes sociais. De certa forma, são caminhos promissores, mas devem ser pensados estrategicamente ou, serão o tempo e o dinheiro que se sentirão inúteis. Ser digital é muito mais do que isso: é iniciar a vivência de uma cultura digital, investindo no relacionamento, na conquista e captação de clientes, na constante luta para gerar engajamento com o público.

Mas é importante conhecer para fazer. Em mídias sociais como o Facebook, o Instagram, entre outros, não basta criar os canais e ‘sair postando’. A luta para conseguir views, captar e reter leads e gerar engajamento vai muito além de criar artes digitais e postar todos os dias: é necessário desenvolver um planejamento de atuação digital, baseado no diagnóstico feito previamente por um publicitário ou profissional de marketing devidamente especializado, e principalmente, monitorar e analisar cada ação. É necessário ter um objetivo e batalhar cada reação nas mídias sociais; cada like, cada compartilhamento, e a partir daí, analisar cada uma dessas métricas. Obtendo essas métricas concretas, será possível prever investimentos, saber o que funciona ou não e ainda obter um resultado satisfatório diante dos seus objetivos.

Alguns canais digitais

Site – uma ferramenta importantíssima para qualquer empresa que entra no mercado. Ter um site é garantir a sua presença no ambiente web, em buscadores como o Google. Mas é importante lembrar que o site necessita estar adequado ao seu público, adequado às novas demandas da tecnologia e acessibilidade, conter as informações certeiras que vão garantir a sua funcionalidade.

Blog – uma outra ferramenta estratégica de extrema importância. O Blog possui a característica única de ser um canal em constante mudança. O que o faz ser interessante é a velocidade das postagens e novos conteúdos {que sejam interessantes ao seu público} como forma de retê-los no canal e, a partir daí, cumprir o seu objetivo.

Mídias sociais – De dezenas de redes sociais que aparecem cotidianamente na busca por públicos digitais, destaco algumas das mais utilizadas, de acordo com pesquisa divulgada no portal de estudos e estatísticas Statista: Facebook, WhatsApp, Instagram, YouTube, Pinterest, Linkedin, Snapchat, Twitter.

Bom, mas qual desses canais eu devo utilizar? Por que devo utilizar? Como devo utilizar (e qual a melhor forma)? Essas perguntas são respondidas por um publicitário ou profissional de marketing especializado que também, de posse dessas informações, fará um planejamento estratégico para atuação nas mídias sociais.

Aplicativos – Muitas empresas e ramos de atuação possuem vastos campos para a criação de aplicativos. Estar presente na telinha do seu cliente, afinal, é uma boa e certeira estratégia.

Publicidade digital – Google Adwords Facebook ADs, Instagram ADs, Posts patrocinados… Essas e muitas outras opções estão à disposição para serem utilizadas, a custo bem inferior às tradicionais mídias, mas mais uma vez é necessário ter um cuidado com a forma em que são utilizados, para ter a garantis de alcançar bons resultados.

Já deu para notar que nos dias atuais é mais do que essencial a sua empresa estar presente no ambiente digital. Deixe esta tarefa para ser executada por quem realmente entenda. E lembre-se: atuação no ambiente digital NÃO É postar no Facebook aleatoriamente (três, quatro vezes por semana, como fazem), com artes “bonitinhas”. É saber utilizar adequadamente esses recursos e extrair deles, resultados mensuráveis, na busca de atingir os seus objetivos.

Comente