O que é site, blog e qual a diferença entre eles: o que você precisa saber!

Estar presente na internet não é mais uma opção. Conheça a diferença entre site e blog e por que você deve começar já!

É comum algum cliente me perguntar sobre a diferença entre site e Blog quando eu apresento propostas de implantação de estratégias de marketing de conteúdo para sua empresa. 

De antemão, já adianto que, se você está pensando em iniciar uma estratégia de marketing digital, ter mais presença online e aumentar a visibilidade da marca de seu negócio, a compreensão destes conceitos é de suma importância.

Assim, neste artigo, que poderá até mesmo servir de guia para o seu aprendizado, explicarei o que é um site, um blog e quais são as principais características que os diferenciam um do outro.

Índice de conteúdo

O que é um site

Assim como, fisicamente, todas as pessoas ou empresas possuem um endereço, um local onde se estabelecem, os sites também têm, porém, no ambiente da internet.

Do mesmo modo, chamado de endereço eletrônico, o site é um local virtual que possui um conjunto de páginas web

Os endereços eletrônicos são diferenciados por domínios (nomes na internet, como por exemplo heldertobias.com).

Estes sites são hospedados em um servidor web, que nada mais é do que um computador que fica constantemente ligado, mantendo o site em funcionamento. 

Neste sentido, por meio do site, uma empresa ou pessoa disponibiliza informações em forma de texto, imagens, vídeos e outros conteúdos interativos.

Geralmente esses conteúdos são organizados em várias subpáginas, interligadas entre si através de diversos hiperlinks, ou links, como é chamada esta interligação.

Estes links, possibilitam a navegação entre essas páginas, proporcionando interatividade e possibilitando a divulgação de qualquer assunto.

Propósito dos sites

A principal razão da existência de um site é a possibilidade de disponibilizar informações para a consulta pública, acessível mundialmente por meio da internet.

Contudo, os sites possuem diversos outros propósitos, que elenco alguns deles:

  • Divulgação de informações institucionais;
  • Divulgação de notícias e conteúdo de cunho informativo;
  • Disponibilização de aplicativos e ferramentas;
  • Armazenamento de informações, banco de dados, catálogos, etc;
  • Venda de produtos ou serviços;
  • Serviços financeiros, de banco;
  • etc.

Vantagens de ter um site

Ainda assim, sem deixar as vantagens de fora, vale lembrar que, inicialmente, a maioria das pessoas utilizam a internet para encontrar produtos, serviços e soluções para suas vidas.

Por isso, ter um site se tornou fundamental para que sua empresa possa estar neste cenário.

Confira algumas dessas vantagens:

  • Inclusão nos mecanismos de busca através de conteúdo;
  • Fortalecimento de marca e presença digital;
  • Conquista de autoridade diante dos concorrentes;
  • Educação de Mercado e inserção de culturas de consumo ou mesmo informação e conhecimento;
  • Fortalecimento de relacionamento com os clientes;
  • Aumento de resultados e vendas

O que é um blog

Desde a criação da internet, a evolução tem sido a palavra de ordem no mundo digital e das tecnologias. 

O blog é um tipo de site onde os conteúdos são apresentados em forma de postagens e em ordem cronológica inversa (o post mais recente aparece primeiro na home).

Geralmente são administrados por uma pessoa ou um grupo dessas pessoas. Os conteúdos de um blog geralmente são escritos com uma linguagem coloquial.

Contudo, diante da popularidade da estratégia, inicialmente encabeçada apenas por pessoas, surgiram os Blogs corporativos, um canal de comunicação entre a empresa e seus clientes e potenciais clientes.

Neste canal, a empresa interage com seu público produzindo conteúdos que os ajudam a solucionar seus problemas, criando uma conexão interessante para a fidelização.

História do Blog

Para que você possa, de fato, entender a diferença entre site e blog, preciso contar um pouco da história.

Sem dados muito concretos para determinar com exatidão a data de surgimento do primeiro blog na internet, diversas fontes concordam que o primeiro foi criado gerido pelo estudante Justin Hall.

Justin Hall, criador do primeiro blog
Justn Hall

De acordo com as referências que pesquisei para este post, em 1994 Justin criou um site pessoal por onde passou a compartilhar informações e a contar seu cotidiano.

Em seguida, no ano de 1997, Jorn Barger criou o blog “Sabedoria de Robô”, quando surgiu a expressão “weblog”.

Nesse meio tempo, dois anos depois, foi a vez de mais um precursor da história do blog dar a sua contribuição: o programador Peter Merholz encurtou o termo e assim surgiu a palavra mais citada no marketing de conteúdo na atualidade: blog.

Agora que você conhece a história e sabe o que é um blog, vou apresentar algumas razões para apostar nesta estratégia para que, por fim, possa compreender a diferença entre site e blog.

Vantagens de ter um Blog

Da mesma forma que o site, os Blogs exercem um papel crucial na consolidação da presença de marca na internet. 

Isso porque, geralmente, os conteúdos de Blog têm cunho informativo e/ou educativo, e essa é a sua principal característica.

Seja como for, as vantagens do Blog também são muitas, e vou elencar algumas das principais delas. Confira:

  • Possibilita uma via para livre expressão;
  • Permite que empresas e pessoas mostrem habilidades e vantagens competitivas;
  • Ajuda pessoas e clientes a encontrarem informações que corroborem com a solução de seus problemas;
  • Ajuda pessoas e empresas a se tornarem autoridade em determinado assunto;
  • Aumenta a ocorrência de palavras-chave utilizadas pelas pessoas ao realizarem buscas, o que faz com que elas cheguem ao seu blog;
  • Possibilita fechamento de parcerias;
  • Entre outras.

Em suma, na atualidade, a principal vantagem de ter um blog anda junto com a necessidade das empresas serem encontradas pelos seus públicos na internet.

Isso é possível graças aos motores de busca funcionarem como um rastreador de palavras e fatores que, em geral, estão presentes nos blogs.

É importante lembrar que, com o passar dos anos, o Google tem evoluído em suas tecnologias para ranquear sites e blogs nas primeiras páginas, e uma delas é a qualidade do conteúdo.

Então, não pense que basta sair escrevendo no blog para conseguir tráfego e visibilidade.

Esses conteúdos precisam ser realmente úteis às pessoas, e o Google verifica isso através de algumas métricas como a permanência no blog, a quantidade de cliques, e muitos outros fatores.

Qual é a diferença entre site e blog?

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando se, na verdade, os dois não são a mesma coisa, estou certo?

Sim, tecnicamente eles são a mesma coisa. 

Contudo, a única diferença real entre um blog e outros tipos de sites é exatamente a maneira em que eles são organizados e utilizados.

Os blogs são atualizados com muita frequência com novos conteúdos, publicados em ordem inversa e cronológica, como eu disse acima, enquanto os sites, não.

Os blogs corporativos geralmente fazem parte de um site maior, e por isso, seus endereços eletrônicos costumam ficar juntos, como por exemplo seudominio.com/blog ou blog.seudominio.com.

Esta forma de organização, inclusive, é um dos fatores importantes para o ranqueamento no Google, tanto do site quanto do blog.

Conclusão

Por fim, agora que você conheceu os conceitos e compreendeu a diferença entre site e blog, existe algo muito importante para complementar.

Como expliquei, o Google possui centenas de fatores de ranqueamento, que são regras específicas e rigorosas que ele impõe para disponibilizar o endereço do seu site e blog em posições privilegiadas nos resultados das buscas.

Para que esses fatores sejam executados corretamente, é muito importante que, antes de começar um blog ou um site, seja feito um planejamento de estratégias de marketing de conteúdo.

Se quiser conhecer um pouco mais sobre como funciona esta estratégia, dá uma lida no outro artigo que eu escrevi sobre o assunto, aqui.

Espero ter contribuído com o seu conhecimento e com o entendimento da diferença entre site e blog.

Se você gostou deste artigo, compartilhe e leve esta informações a outros empreendedores que adoram conhecimento como você.

Valeu, até o próximo artigo! =)

Deixar uma resposta