Planejar para crescer!

Tempo de leitura: 1 minuto

Nos artigos anteriores, focamos em refletir aspectos estruturais de uma organização, como Identidade Corporativa, Referencial Estratégico (missão, visão e valores) e a importância desses conceitos para a sobrevivência no mercado. Constatamos que é imprescindível que se conheça aonde se quer chegar, ou seja, qual é o seu objetivo estratégico.

Hoje, falaremos um pouco sobre o planejamento estratégico e como ele pode contribuir para o crescimento de uma organização.

O planejamento é uma ferramenta gerencial extremamente importante, pois, planejar, consiste no estudo e na escolha de alternativas para alcançar um objetivo de forma eficiente e eficaz, a partir da situação atual em que a organização se encontra.

A estratégia é um termo que tem significado “arte de liderar/comandar tropas” e teve sua origem à época da democracia ateniense, atribuído aos comandantes. Atualmente, é uma das palavras mais utilizadas no ramo empresarial, pois trata-se de uma forma de “prever o futuro”, integrada a processos decisórios e fundamentalmente essenciais para que etapas sejam cumpridas e assim se alcance os objetivos iniciais traçados (visão – aonde se quer chegar).

Todo ciclo de crescimento organizacional sofre influências que podem afetar significativamente sua sobrevivência, como as crises econômicas e políticas, má gestão, concorrência, entre outras. Por esta razão o planejamento estratégico torna-se uma poderosa arma para combater a esses adventos, pois com ele é possível prever cenários e arquitetar soluções para atravessar crises, enfrentar obstáculos e prosseguir com o crescimento e o desenvolvimento.

Concluímos esse artigo com a premissa de que, independentemente do tamanho da organização, seja ela pequena, média ou grande, o planejamento estratégico irá dotá-la de soluções poderosas contra possíveis problemas que podem desestabilizar ou até mesmo arruinar um negócio.

Comente